Orgulho e Preconceito

“Em vão tenho lutado comigo mesmo, mas nada consegui. Meus sentimentos não podem ser reprimidos; preciso que me permita dizer-lhe que eu a admiro e amo ardentemente”

Séries

O Divaneandoo mostrará algumas de minhas séries prediletas.

Músicas

Saiba minhas preferências musicais aqui no Divaneandoo.

Doramas

Fique por dentro das melhores séries asiáticas aqui no blog. You're Beautiful é e sempre será um dos meus queridinhos!

The King 2 Hearts

Um dos melhores doramas de 2012. Unindo romance, ação, suspense, comédia e drama numa história emocionante envolvendo uma monarquia coreana moderna em busca da unificação das Coréias.

Ojakgyo Brothers

Esse drama me cativou desde os primeiros episódios pela simplicidade da história e pelos inúmeros personagens pra lá de reais e apaixonantes. Confira a resenha aqui no blog.

Filmes de Bollywood

Não perca também as resenhas de filmes indianos aqui no Divaneandoo.

Séries Britânicas

BREVE resenhas de séries britânicas. North and South é uma das melhores e mais queridas! Minha predileta!

Animes

Aqui no blog você encontra resenhas de animes também.

Running Man

Running Man é um dos programas de variedades mais bem sucedidos na Coréia e aqui no blog você encontra resenhas de episódios. Garantia de risadas!

domingo, 13 de abril de 2014

Catch Me (K-Movie)

Quem me acompanha sabe que um dos queridinhos master da blogueira aqui é um tal de Joo Won, conhecem?! Ojakgyo Brothers, Bridal Mask, Good Doctor.  Pois bem, ontem finalmente pude ver esse filme que tanto quis conferir desde sua divulgação no fim de 2013. Joo Won faz par romântico com a querida Ah Joong de 200 Pounds Beauty e nos traz uma comédia leve e divertida, onde o casal teve uma ótima química. Espero que gostem do post!
Título: Catch Me/ 캐치미
Também conhecido como: Steal My Heart
Direção e Roteiro: Lee Hyun-Jong
Estréia: 18 de dezembro de 2013
Duração: 115 min.
Distribuição: Lotte Entertainment
País de Origem: Coréia do Sul 

sexta-feira, 11 de abril de 2014

Panda and Hedgehog (K-Drama)

Finalmente resolvi terminar pelo menos alguns dos vários dramas empacados há mais de ano e logo lembrei de Panda and Hedgehog - um drama que comecei a ver ainda junto com a Coreia em 2012 mas sabe lá porquê fui esquecendo e quando me dei conta já estava em 2014 e ainda faltavam seis episódios para terminá-lo. Panda and Hedgehog é um drama bem leve, sem aquela história ou atuações espetaculares, mas que é válido por motivos de Donghae, JinHyuk e algumas relações fofas entre alguns personagens do drama. Espero que gostem do post e aguardo os comentários de vocês no final.

Título: 판다양과 고슴도치 / Pandayanggwa Goseumdochi
Gênero: Romance, Comédia
Total de episódios: 16
Canal: Channel A
Período de transmissão: 18 de agosto à 07 de outubro de 2012
Produção: Kim Sang Hun (김상헌), Song Hae Sung
Direção: Lee Min Chul
Roteiro: Han Joon Young  

Pan Da Yang (Yoon Seung Ah) é a protagonista da história, uma jovem proprietária do Panda Café e que logo terá a difícil "missão" de ficar no centro de um triângulo amoroso com dois caras nada feios. Tudo começa quando Pan Da contrata um novo patissier, o impulsivo Seung Ji (Lee Dong Hae) - o porco espinho - que promete aumentar as vendas do Panda Café. Seung Ji é bem animado e adora sua profissão, sendo até impecável e não há quem não se derreta por ele e por seus feitos na cozinha. Com a convivência diária e a camaradagem de sócios, Pan Da e Seung Ji começam a desenvolver sentimentos um pelo outro. 

Nesse meio tempo, Choi Won II (Choi Jin Hyuk) - presidente do famoso Saint-Honoré volta para a Coreia depois de ficar anos nos Estados Unidos e decidi ir atrás da Pan Da por quem é apaixonado. Simples assim! 

O que menos gostei em Panda and Hedgehog

sábado, 5 de abril de 2014

Desabafo de uma Khuntorian diante da confirmação de Khunfany!

Porque quando seu bias ultimate confirma um namoro e você é uma blogueira, nada mais justo do que compartilhar sua dor com seus pacientes seguidores que se possível vão te consolar e dizer que toda essa história não passou de uma brincadeira de muito mal gosto. E quem me dera se realmente fosse assim! Mas enfim, o fato é que JYPE e SM confirmaram nessa última quinta-feira que Nichkhun (2PM) e Tiffany (SNSD) estão namorando há 4 meses e minha timeline no twitter virou uma verdadeira loucura, eu mesma fiquei totalmente descontrolada. E para tentar superar e digerir um pouco esse caos, venho aqui hoje como uma khuntorian decepcionada desabafar com vocês sobre o assunto. 
Espero que me compreendam e entendam o coração de uma hottest khuntorian nesse momento crítico!

domingo, 30 de março de 2014

Como me tornei Boice...meu amor por CNBLUE!

Quem me acompanha no twitter sabe o quanto surto com CNBLUE e ainda mais com esse recente comeback não estou me contendo mesmo. Depois do post Como me tornei hottest, tenho recebido vários pedidos para fazer um sobre meu amor boice - já que não consigo escondê-lo nas resenhas de dramas e programas de variedades com os integrantes da banda. O fato é que CNBLUE foi meu primeiro amor na música coreana e apesar de agora ter conhecido vários grupos e bandas, eles ainda estão no meu TOP3 de prediletos. Espero que gostem do meu desabafo aqui, lembrando que não será um post biográfico, detalhado sobre a história do grupo e discografia. Não! Ainda planejo fazer um mais completo, mas este será apenas um depoimento pessoal de como comecei a gostar de CNBLUE.

Ao contrário do que muitos de vocês podem achar, não comecei a gostar de CNBLUE quando vi You're Beautiful, apesar de ter surtado loucuras com esse drama e ter amado o Yonghwa. Mas eu estava engatinhando ainda nesse mundo de dorameira, foi apenas meu quinto dorama e confesso que o surto mesmo foi em torno de Jang Geun Suk. Óbvio que fiquei com um carinho especial por todos daquele elenco. Tanto que não é segredo pra ninguém que por mim A.N.JELL poderia existir de verdade. Seria fã número um do grupo! Mas enfim, achei o secundário de YAB bonito e legal, soube que fazia parte de uma banda na vida real mas não fui muito além disso. 

sábado, 22 de março de 2014

Let's Eat (K-Drama) - Meu 100º dorama!

Pessoas trago hoje resenha do meu centésimo dorama, ou seja, o Divaneandoo já conta com uma centena de posts sobre doramas! MUITA EMOÇÃO! Sim, vocês sabem, todo dorama que vejo faço questão de comentar sobre aqui no blog! Só assim consigo partir para outro tranquilamente! E vou confessar, nem sempre é fácil fazer post assim que termino o drama pois há momentos que na verdade queria era aproveitar o tempo para me atualizar em séries ou livros ou em outros dramas, mas ainda assim, longe de ser uma obrigação, resenhar meus doramas concluídos virou uma necessidade pra mim. E o faço com muito carinho! Enfim, estou sim emocionada por ter chego no meu centésimo dorama e super feliz por esse post tão especial de hoje, ser sobre um drama como Let's Eat, o qual AMEI muito acompanhar junto com a Coreia. Espero que gostem do post e se deliciem porque só de ver os GIF's garanto que vão ficar com fome!
 Título: 식샤를 합시다 / Siksyareul Habsida/ Let’s Eat
Gênero: Romance, comedy
Total de Episódios: 16
Canal: tvN
Período de Transmissão: 28 de novembro 013-Nov-28 to 2014-Mar-13
Produção: CJ E&M
Direção: Park Joon Hwa, Im Se Bin (임세빈), Im Young Jin (임영진), Kim Bo Yun (김보연), Seo Min Jung (서민정), Kim Gye Young (김계영), Park Min Hyun (박민현), Choi Min Sun (최민선), Kim Se Hee (김세희)
Roteiro: Im Soo Mi, Jun Ji Hyun (전지현), Jo Yoon Kyung (조윤경), Kim Hyo Shin (김효신), Lee Ye Rim (이예림)

Deliciosos motivos porque vale a pena conferir Let's Eat:

terça-feira, 18 de março de 2014

Série: True Detective

Ultimamente eu tenho tido dificuldades para conseguir acompanhar tantas séries americanas como o fazia há algum tempo. Poucas despertam meu interesse e me prendem ao ponto de acompanhá-las junto com os EUA e True Detective foi uma exceção à parte. A série me cativou desde o primeiro episódio e a acompanhei fielmente até seu desfecho. True Detective é uma série tão sensacional e brilhante que estou sentindo uma enorme dificuldade em escrever esse post, mas OMG, não posso deixar de comentar sobre aqui no blog com vocês. Para isso, vou apontar aqui alguns motivos porque vale a pena conferir True Detective. Espero que gostem e que eu consiga passar pelo menos um pouco do que senti acompanhando esse maravilhoso seriado da HBO.

1º O enredo de True Detective é convincente:
Confesso que quando soube da série, apesar de amar Matthew e Woody, não fiquei lá tão animada. Ok, eu gosto do gênero policial e muito, só que queria ver algo diferente e não mais uma série americana típica que exaltasse a capacidade dos EUA de investigação, tecnologia de ponta e etc. E True Detective foi diferente de tudo que já vi do gênero. Conseguiu passar com maestria a realidade da investigação, afinal raramente os crimes são resolvidos tão rápidos como parecem ser em outras séries do gênero. Há todo um tempo e muitas vezes meses e anos para se chegar à alguma pista definitiva e ao culpado (se assim conseguir). 
True Detective retratada muito bem esse marasmo da investigação e intercala de forma perfeita os próprios dramas pessoais dos personagens. E que personagens profundos e convincentes, dá para muito bem visualizar Martin e Rustin como pessoas reais ainda que sejam, dentro de suas respectivas personalidades, bem exaltados, digamos assim. 

domingo, 16 de março de 2014

Livro: Insurgente (Veronica Roth)

Já faz algumas semanas que terminei de ler a continuação de Divergente mas por falta de tempo só agora estou trazendo minha resenha para vocês. Espero que gostem do post e aos que ainda não aderiram a essa distopia maravilhosa, o que estão esperando? (Leiam a resenha de Divergente – o primeiro da trilogia – aqui).
Título: Insurgente
Título Oficial: Insurgent
Autora: Veronica Roth
Editora: Rocco Jovens Leitores
Total de Páginas: 511
Ano: 2013

terça-feira, 4 de março de 2014

Man From The Stars (K-Drama)

O drama mais comentado e assistido dos últimos meses agora sendo resenhado pelo Divaneandoo! Vocês não imaginam o quanto é difícil pra mim fazer post desses hits que todo mundo acompanhou e que todo mundo fica pedindo pra eu fazer, ou pior ainda, resenhar um drama que SURTEI e AMEI tanto assim! Parece que nunca farei algo à altura do que Man From The Stars foi, então já me perdoem pelas falhas e omissões, mas é a verdade é que ainda não superei esse drama! Espero que vocês gostem e dedico o post à minha amiga Ludmila, esposa de Kim Soo Hyun que sofreu demais vendo seu marido ser assediado nessas últimas semanas. Post dedicado também à minha unnie Fernanda que não cansava de surtar no twitter e me fez começar a ver até mesmo uma série americana de aliens agora e também ao fofo do Ageu que enchia minha timeline do facebook de surtos por Man From The Stars. E sem mais enrolação vamos ao post separado por tópicos – uma tentativa frustrada de me conter mais e não me prolongar tanto.
Título: 별에서 그대 / Byeoleseo On Geudae
Também conhecido como: You Came From the Stars / My Lover From The Stars / You From Another Star / My Love From Another Star/ 별에서 남자 / Byeoleseo On Namja (Man From the Stars)
Gênero: Romance, Comédia, Fantasia
Total de Episódios: 21
Canal: SBS
Período de Transmissão: 18 de dezembro de 2013 à 27 de fevereiro de 2014
Produção: Choi Moon Suk
Direção: Jang Tae Yoo
Roteiro: Park Ji Eun

1º O ENREDO:

Lembro-me até hoje de quando minha unnie Fernanda Arce veio contar pelo facebook que no final do ano (estávamos então no meio de 2013), teríamos um drama onde o personagem principal seria nada mais nada menos que um extraterrestre e seria protagonizado pelo Kim Soo Hyun. A protagonista ainda não estava decidida, mas sabia-se que a personagem seria uma estrela hallyu (uma celebridade super famosa na Ásia). Não sei vocês, mas eu NUNCA havia assistido nada no meio asiático desse tipo. Assim, não via a hora desse tal drama enfim começar a ser transmitido.

Enfim, o drama estreou e OMG! Man From The Stars me conquistou muito mais do que imaginei! Além de “alien apaixonando-se por uma famosa”, temos ainda aquela coisa de vizinhos. Eu sempre gosto quando o casal mora junto ou no mínimo são vizinhos, pois é mais garantia de cenas engraçadas e há sempre mais cenas do casal. Ainda mais quando temos uma personagem como a Song Yi (Ji Hyun) que ao ficar bêbada não sabe mais sua senha e praticamente invade o apartamento do vizinho alien – Do Min Joon (Kim Soo Hyun). 


segunda-feira, 24 de fevereiro de 2014

Livro: Fiquei Com o Seu Número (Sophie Kinsella)

Já faz um tempinho que li esse livro (finalzinho de 2013) mas eu não poderia por nada deixar de comentar aqui no blog sobre ele, pois Fiquei com Seu Número é simplesmente sensacional, um dos melhores chick-lits que já li e o melhor da adorável Sophie Kinsella (dos que já tive oportunidade de ler)! Espero que gostem da resenha ok?! 

Título Original: I've Got Your Number
Título no Brasil: Fiquei Com o Seu Número
Autora: Sophie Kinsella
Editora: Record
Total de Páginas: 464
Ano: 2012

O livro é narrado em primeira pessoa, pela cativante Poppy Wyatt que não poderia estar mais feliz na vida, pois está prestes a se casar com um homem perfeito. Mas tudo começa a mudar e virar uma confusão, quando ela acaba perdendo em um evento seu precioso anel de noivado - que está há várias gerações na família do noivo. Poppy entra em desespero e distribui seu número de telefone para várias pessoas no hotel onde perdeu o anel, mas tudo fica ainda pior quando tem seu celular roubado. Ou seja, caso alguém que tivesse seu número de celular encontrasse o anel, não teria mais como entrar em contato com ela. Em pânico acaba achando um celular num lixo e se apodera dele, dando esse número para os funcionários do hotel. O problema é que logo descobre que esse tal celular tem dono, e esse dono é um importante empresário, que usa demais esse celular em seu dia a dia, estamos falando de Sam Roxton. De alguma maneira, Poppy acaba convencendo Sam a dividir esse número com ela e os dois passam assim a ter um estranho relacionamento, onde apesar de não se conhecerem pessoalmente, acabam por compartilhar SMS e emails. Poppy até que tenta mas não consegue por muito tempo, segurar a curiosidade e passa a bisbilhotar sem parar os emails de Sam e assim acaba sabendo muito da vida dele. Sam parece ser durão e tal, mas logo vemos que é capaz até de ajudar Poppy em partidas de palavras cruzadas com a família mega hiper inteligente do noivo dela. 

quinta-feira, 20 de fevereiro de 2014

Prime Minister and I (K-Drama)

Como prometido aqui está meu post sobre o mais recente drama da Yoona, o qual fiquei ansiosa para conferir desde que li a sinopse. Afinal sempre me interesso quando há política na história e ainda um romance entre idades diferentes, fora que temos crianças no drama, o que sempre ganha meu coração. E tudo isso fez com que Prime Minister and I fosse uma das melhores comédias românticas que vi nos últimos meses. Espero que gostem do post e deixem seus comentários no final!

Título: 총리와 / Chongriwa Na
Conhecido também como: Prime Minister and I
Gênero: Romance, Comédia, Família
Total de Episódios: 17
Canal: KBS2
Período de Transmissão: 09 de dezembro de 2013 à 04 de fevereiro de 2014
Produção: Kim Hyung Il, Park Man Young
Direção: Lee So Yeon (Baby Faced Beauty)
Roteiro: Kim Eun Hee, Yoon Eun Kyung

Motivos para ver Prime Minister and I

1º O enredo do drama é interessante:

Temos aqui uma repórter especializada em fofocas - Nam Da Jung (Yoona, Love Rain) que após se envolver numa situação onde ela mesma é o centro das notícias, se vê "obrigada" a casar-se com ninguém menos que seu próprio alvo de fofocas - o Primeiro Ministro - Kwon Yul. Não sei vocês, mas eu ADORO esse lance de contrato de casamento onde o casal finge estar casado e tudo mais. Garantia sempre de risadas e momentos de vomitar arco-íris no decorrer da história. Aliado à isso, temos um romance entre idades distintas - abordado de uma forma leve e não maçante, sendo que temos mais espaço na história para o fato de Kwon Yul conseguir aliar sua vida política com suas obrigações como pai.